Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Palmeiras volta aos treinos para recuperar paz em série pré-Copa América

Time de Felipão se prepara para ter nas próximas semanas 13 jogos e definir vaga em duas competições

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

16 de abril de 2019 | 04h30

Depois de três dias de descanso, o elenco do Palmeiras retorna ao trabalho na tarde desta terça-feira, na Academia de Futebol, atento à sequência de compromissos no calendário antes da nova folga para o clube. A equipe terá mais 13 jogos para disputar antes da pausa para a Copa América e terá nessa série de partidas a oportunidade de dar mais tranquilidade ao plantel.

O Palmeiras vem de um episódio turbulento na semana passada, quando o ônibus do time foi alvo de pedradas ao chegar ao Allianz Parque para o jogo com o Junior Barranquilla, da Colômbia, pela Copa Libertadores. Depois da vitória por 3 a 0 o clube orientou o elenco a não dar entrevista e o técnico Luiz Felipe Scolari chamou de "bandidos" os autores da pedrada.

Eliminado do Campeonato Paulista pelo São Paulo, o Palmeiras só volta a campo no dia 25, contra o Melgar, do Peru, quando vai iniciar uma nova etapa da temporada. O time terá tempo para trabalhar até a próxima partida e pretende mostrar uma evolução. O ataque, por exemplo, viveu momentos ruins nas últimas semanas e chegou a ficar três compromissos seguidos sem marcar gol.

O jogo contra o Melgar inicia a série de 13 jogos antes de uma nova parada no calendário, dessa vez para a Copa América. Os times ficarão cerca de três semanas sem entrar em campo e o Palmeiras pretende aproveitar essa interrupção para realizar uma excursão e disputar amistosos fora do Brasil, como fez no ano passado, durante a Copa do Mundo. A viagem escolhida na ocasião foi para a América Central.

Porém, a sequência de 13 jogos que está por vir também pode ser pesada. O Palmeiras decidirá nessa série as oitavas de final da Copa do Brasil e define a permanência na Copa Libertadores, já que enfrenta nas próximas semanas o Melgar e depois o San Lorenzo, dentro de casa. A equipe também vai disputar as nove primeiras partidas do Campeonato Brasileiro.

O Palmeiras indicou como prioridade para o período recuperar jogadores que estão com problemas físicos. A situação se aplica ao lateral Marcos Rocha e os atacantes Carlos Eduardo e Ricardo Goulart. A partida seguinte, contra o Melgar, já pode valer a classificação antecipada do Palmeiras para a próxima fase. Um empate já garante a ida do time para a fase seguinte da Libertadores.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.