Arte/Estadão
Arte/Estadão

Palmeiras x Ceará: como ver ao vivo ao jogo

Na caça ao líder Flamengo, alviverde recebe o rival cearense neste sábado, pela 30ª rodada

Redação, O Estado de S.Paulo

01 de novembro de 2019 | 17h29

O Palmeiras enfrenta o Ceará, neste sábado, às 19h, no Allianz Parque, pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro. Depois de reduzir a diferença para o líder Flamengo de dez para oito pontos, o time alviverde continua a perseguição. A partida terá transmissão ao vivo pelos canais Premiere e o Estado fará o tempo real.

No último confronto, o time nordestino tirou a invencibilidade de quase um ano do Palmeiras no torneio. No dia 20 de julho, o time, então dirigido por Luiz Felipe Scolari, foi derrotado por 2 a 0, em Fortaleza. A invencibilidade de 33 rodadas foi a maior da história do clube no torneio.

O momento mudou. Após a demissão de Felipão, Mano Menezes assumiu com a missão de resgatar as boas atuações com uma proposta mais ofensiva. Conseguiu isso na vitória sobre o São Paulo. Por isso, o último jogo com o Ceará serve de alerta, mas não vai abalar a confiança da equipe. A torcida vai lotar o estádio: 22 mil ingressos já foram vendidos.

Mano Menezes poderá ter o reforço do atacante Luiz Adriano, que voltou a treinar depois de se recuperar de uma lesão muscular. Na ausência do titular, Deyverson ocupou espaço, superou um jejum de quatro meses e vem somando boas atuações.

Últimos jogos do Palmeiras (todos pelo Brasileirão)

  • Palmeiras 3 x 0 São Paulo
  • Avaí 1 x 2 Palmeiras
  • Athletico-PR 1 x 1 Palmeiras
  • Palmeiras 1 x 0 Chapecoense
  • Palmeiras 1 x 0 Botafogo

Últimos jogos do Ceará (todos pelo Brasileirão)

  • Ceará 2 x 0 Fluminense
  • Ceará 1 x 1 Vasco
  • Bahia 1 x 2 Ceará
  • Santos 2 x 1 Ceará
  • Ceará 1 x 0 Avaí

Possíveis escalações

Palmeiras: Weverton; Marcos Rocha, Gustavo Gómez, Vitor Hugo e Diogo Barbosa; Felipe Melo, Bruno Henrique e Gustavo Scarpa; Zé Rafael, Dudu e Deyverson.

Ceará: Diogo Silva; Samuel Xavier, Valdo, Eduardo Brock e Cristovam; William Oliveira, Fabinho, Ricardinho e Felipe Silva; Thiago Galhardo e Bergson. Técnico: Adilson Batista.   

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.