Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Palmeirense Bruno Henrique reclama após embaixadinhas de Romero: 'É desrespeito'

Volante admite ter xingado o atacante adversário no momento do lance

Estadão Conteúdo

14 Maio 2018 | 08h06

Um dos destaques do Corinthians na vitória por 1 a 0 sobre o Palmeiras, neste domingo, na arena alvinegra, pelo Brasileirão, o atacante Romero causou polêmica, aos 40 minutos do segundo tempo, quando recebeu um lançamento, dominou a bola no peito e fez embaixadinhas com a cabeça. O lance no clássico irritou os jogadores do Palmeiras.

+ Torcedores arremessam objetos em ônibus do Palmeiras e um é preso

+ Roger evita polêmica com Romero e críticas a Lucas Lima; Marcos Rocha se irrita

+ Jogada de Romero divide jogadores corintianos e paraguaio desabafa

Um deles foi o volante Bruno Henrique, que não escondeu a indignação com o jogador paraguaio. "Isso não é futebol, é desrespeito. Se você faz uma jogada, vai para cima de forma objetiva, é normal. O que ele fez não é uma coisa sadia porque somos jogadores e acho que foi desrespeito", afirmou o atleta, que depois admitiu que perdeu a cabeça, assim como aconteceu com outros companheiros de equipe.

"Por isso todos foram para cima dele. Xinguei para caramba porque estava nervoso e falei bastante besteira para ele", admitiu o atleta, que viu o rival ganhar do Palmeiras pela segunda vez neste ano na Arena Corinthians, onde anteriormente a equipe da casa derrotou o time alviverde por 2 a 0, pela primeira fase do Paulistão.

Após o revés no clássico diante do adversário que também o derrotou na decisão do último Estadual, o Palmeiras volta a campo na quarta-feira, contra o Junior Barranquilla, em casa, pela Libertadores. Já classificado às oitavas de final, pode garantir a melhor campanha geral da primeira fase. Até o último domingo, já haviam sido vendidos 22 mil ingressos para o confronto.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.