Arquivo/AE
Arquivo/AE

Palmeirenses exaltam vitória de 'campeão' sobre Cruzeiro

Diego Souza afirma que os jogadores demonstraram garra em campo para conseguir bater o rival em Minas

AE, Agencia Estado

24 de setembro de 2009 | 00h52

"É nessas horas que se mostra a força de campeão." Foi assim que Diego Souza definiu a vitória suada conquista nesta quarta-feira sobre o Cruzeiro, de virada, por 2 a 1, no Mineirão. O Palmeiras jogou praticamente o segundo tempo inteiro com um a menos - Armero foi expulso -, mas o time conseguiu se segurar na defesa. Com o resultado, foi a 47 pontos, três a mais que o São Paulo.  

 

Veja também:

linkDramático: Palmeiras ganha do Cruzeiro por 2 a 1, de virada

som Ouça os gols pela Eldorado/ESPN - Palmeiras 0 x 1; Palmeiras 1 x 1; Palmeiras 2 x 1

especial MASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especial Visite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Foi uma vitória importantíssima. Mostramos que o grupo é forte, um grupo de homens. Mesmo com as ausências do Pierre e do Edmílson, e a expulsão do Armero, conseguimos mostrar força", completou Diego, que marcou o primeiro gol do Palmeiras em uma bela cobrança de falta.

"Jogamos hoje [quarta-feira] com a raça que não tivemos na Bahia", emendou o goleiro Marcos, referindo-se à derrota por 3 a 2 para o Vitória, na rodada anterior do Brasileiro. Segundo Diego Souza, aquela partida foi marcante. "Serviu para que aprendêssemos com nossos erros."

Marcos reconheceu que, por causa da expulsão de Armero, o time foi muito pressionado no Mineirão, e "se a gente saísse com o empate, sairia satisfeito". O maior temor era com relação à arbitragem de Evandro Rogério Roman. "Os jogadores do Cruzeiro estavam se jogando na área e a gente estava preocupado com a possibilidade de o Roman dar pênalti. Felizmente, ele não caiu nessa."

Para o atacante Vágner Love, autor do gol da vitória, "o time provou mais uma vez que tem time para conquistar o título". O jogador, que voltou recentemente da Rússia, já marcou duas vezes no Brasileiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.