Márcio Fernandes/Estadão
Márcio Fernandes/Estadão

Palmeirenses sonham com título após três vitórias seguidas

Distância para o líder Corinthians é de dez pontos

Gonçalo Junior, O Estado de S. Paulo

19 de setembro de 2015 | 20h55

O técnico Marcelo Oliveira afirmou que o Palmeiras conseguiu encontrar o equilíbrio entre ataque e defesa na vitória sobre o Grêmio por 3 a 2 neste sábado no Pacaembu. Nas últimas partidas, ele havia se queixado das falhas defensivas. "A equipe fez um grande jogo. Conseguimos ter um equilíbrio e permitimos poucas oportunidades para o Grêmio. É importante equilibrar ataque e defesa", afirmou o treinador em entrevista coletiva após o terceiro triunfo consecutivo. 

Com a vitória deste sábado, o Palmeiras chegou aos 44 pontos e conquistou provisoriamente uma vaga no G-4. Para confirmar a vaga, dependerá dos tropeços de Flamengo e São Paulo nos jogos deste domingo. Marcelo nega que vá 'secar' o Corinthians, líder do torneio. A diferença entre os dois times é de dez pontos (54 a 44). "Não seco ninguém. O Corinthians terá uma partida difícil, mas estou mais feliz porque o Palmeiras fez a sua parte", diz o treinador. 

Alguns jogadores, no entanto, pensam de forma diferente do treinador e afirmam que vão 'secar' o rival. O zagueiro Jackson, que teve atuação apenas regular na vitória, afirma que vai torcer contra o Corinthians. 'Vamos secar com certeza. É o nosso rival e sempre vamos torcer contra', diz o zagueiro.

A sequência de três vitórias fez todos os atletas começarem a pensar na disputa do título. "A cada rodada, estamos nos aproximando do G-4 e podemos nos aproximar do título também. Vamos esperar. O importante é que estamos fazendo a nossa parte", disse o lateral Lucas, um dos melhores em campo.

Para o meia Robinho, um dos melhores em campo, o principal motivo de satisfação é o fato de o time ter jogado bem nas últimas partidas. 'É bem difícil buscar o Corinthians. Se eles tropeçarem, vamos continuar fazendo nosso trabalho. O mais importante é o Palmeiras vencer", disse Robinho. 

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolBrasileirãoPalmeiras

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.