Palmeirenses torcem por queda do Flu

O Atlético-PR ganhou admiradores de última hora. Sem técnico para a próxima temporada, os dirigentes do Palmeiras estarão torcendo para o time paranaense eliminar o Fluminense na semifinal do Campeonato Brasileiro. Seria o fim do sonho do clube carioca de disputar a Copa Libertadores da América de 2002, o que facilitaria a vinda de Oswaldo de Oliveira para o Parque Antártica.Oswaldo de Oliveira é o preferido para ocupar o cargo de técnico porque tem o perfil ideal que o Palmeiras procura. "Ele é tranqüilo e sabe lidar com os jogadores", diz uma fonte ligada ao presidente Mustafá Contursi, que preferiu não se identificar.O diretor de futebol do clube paulista, Américo Faria, também dá pistas sobre o novo comandante do Palmeiras. "Estamos interessados em um treinador que ainda está na ativa. É só o que posso adiantar." Oswaldo de Oliveira substituiria o ?quebra-galhos? Márcio Araújo, que só assumiu o cargo para ocupar o lugar de Celso Roth nas rodadas finais do Brasileiro e retomaria a antiga função, de coordenador-técnico.Paulo Angioni, diretor de futebol do Fluminense, já trabalhou no Palmeiras, na gestão Parmalat, e deve voltar ao clube paulista, acompanhando Oswaldo. A imagem dos diretores Sebastião Lapola e Américo Faria ficou degastada após as más contratações do início do semestre.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.