Palmeirenses vibram com vitória fora

Não foi do jeito que a torcida gosta, com muitos gols e bom futebol, mas o Palmeiras conseguiu a reabilitação dentro do Campeonato Paulista ao vencer o Ituano, por 1 a 0, nesta quarta-feira à noite, em Itu. Nem o técnico Jair Picerni aprovou o futebol dos palmeirenses, mas ele reconheceu que o mais importante foram os três pontos. "Num campeonato difícil como é este, vencer fora de casa é um grande resultado mesmo se for por apenas um gol", comentou o treinador. Ele prefere agora pensar somente no clássico contra o Santos, domingo à tarde, no Morumbi.Os jogadores também não se importaram com as dificuldades em campo, festejando a vitória. "O que interessa é vencer. E vencemos", disse o volante Magrão. O goleiro Marcos acredita que o time ainda está abaixo de seu ritmo ideal e vai subir de produção nos próximos jogos. "Vamos melhorar o futebol com a seqüência de jogos e sempre pensando no título", comentou o goleiro pentacampeão mundial que voltou a dar segurança total à defesa. Diego Souza disse que o Palmeiras "jogou pelo resultado".Do lado do Ituano, a segunda derrota consecutiva deixou o técnico Paulo Comelli na corda bamba. No domingo ele tinha perdido para o Paulista, por 3 a 1, em Jundiaí. Só que desta vez ele acha que seu time não mereceu perder. "Mostramos bom futebol, equilibramos o jogo e o resultado mais justo seria o empate". Seu próximo jogo será fora de casa diante do Mogi Mirim, no domingo à tarde.

Agencia Estado,

28 de janeiro de 2004 | 23h51

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.