Fabio Menotti/Ag. Palmeiras
Fabio Menotti/Ag. Palmeiras

Pandemia restringe voos e adia viagem de Abel Ferreira para Portugal

Técnico do Palmeiras só deve viajar para rever seus familiares na quinta-feira

Redação, O Estado de S.Paulo

09 de março de 2021 | 22h12

O técnico Abel Ferreira, do Palmeiras, só deve viajar para Portugal, onde pretende rever seus familiares, na quinta-feira, por causa da grave crise sanitária do Brasil. O treinador esteve nesta terça-feira na Academia de Futebol e acompanhou os treinamentos.

As atividades não tiveram a participação de Weverton, Marcos Rocha, Luan, Gustavo Gómez, Viña, Felipe Melo, Raphael Veiga, Rony, Luiz Adriano e Willian, membros do primeiro grupo de folga, após a decisão da Copa do Brasil e o fim da temporada 2020.

Abel deverá ir a Lisboa em um voo humanitário liderado pelo governo português, feito por uma empresa aérea do país europeu. Há também a opção de uma companhia francesa. Abel, assim como qualquer outro passageiro, terá que apresentar exame PCR negativo, feito com 72 horas de antecedência, e cumprir 14 dias de quarentena domiciliar em solo português.

Com dois títulos conquistados (Copa Libertadores e Copa do Brasil) em quatro meses de trabalho, Abel escreveu uma mensagem nas redes sociais à torcida palmeirense. "A gratidão é a alma do coração. Obrigado em especial aos nossos jogadores, à toda minha comissão técnica, à diretoria e a todos os funcionários do CT, sem exceção, por podermos proporcionar mais uma alegria aos nossos adeptos. Todos Somos Um! Avanti, Palestra!"

O Palmeiras volta a treinar nesta quarta-feira, às 10h, quando vai se preparar para o jogo de quinta-feira, diante do São Caetano, no Allianz Parque, pelo Campeonato Paulista.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolPalmeirasAbel Ferreira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.