PAOK, da Grécia, herda vaga do Metalist na Copa dos Campeões da Europa

Time ucraniano é punido em função de envolvimento com manipulação de resultados

AE, Agência Estado

14 de agosto de 2013 | 13h09

NYON - A Uefa definiu nesta quarta-feira que o PAOK, da Grécia, vai substituir o Metalist Kharkiv na última fase preliminar da Copa dos Campeões da Europa. O time ucraniano foi excluído do torneio continental pela entidade em razão do seu envolvimento em um escândalo de manipulação de resultados no seu país.

A decisão foi tomada por um comitê de emergência criado pela Uefa, que optou por dar a vaga ao PAOK, que havia sido eliminado pelo Metalist na etapa anterior da fase preliminar da Copa dos Campeões. Assim, o time grego será o adversário do Schalke 04 na luta por uma vaga na fase de grupos do torneio continental. O jogo de ida está marcado para o dia 21 de agosto, na Alemanha.

A Uefa diz que a decisão é definitiva, ressaltando que o Metalist ainda pode recorrer à Corte Arbitral do Esporte (CAS, na sigla em inglês). A entidade também determinou que o PAOK, que iria disputar a última fase preliminar da Liga Europa, não será substituído. Assim, o Maccabi Tel-Aviv está automaticamente classificado para a fase de grupos do torneio.

A entidade decidiu punir o Metalist após o seu diretor esportivo, Yevhen Krasnikov, ter uma suspensão de cinco anos, imposta pela Federação de Futebol da Ucrânia, confirmada pela CAS. Krasnikov supostamente ajudou a manipular o resultado de um jogo do Campeonato Ucraniano, em 2008, contra o Karpaty Lviv.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.