Paquetá diz que Arábia tem obrigação em vencer a Tunísia

O técnico brasileiro Marcos Paquetá, da Arábia Saudita, vai começar a exibir diariamente vídeos de jogos de seus adversários dessa primeira fase da Copa do Mundo. A partir de sexta-feira, a seleção da Tunísia será a primeira lição dos árabes. Faltando seis dias para a estréia na Copa do Mundo, no próximo dia 14, uma das preocupações do técnico é continuar com o trabalho de motivação do grupo para atingir o objetivo de classificar a Arábia Saudita para a próxima fase do mundial. Para isso, ele vai mostrar detalhadamente ao grupo de jogadores como é o esquema tático de cada adversário. Paquetá avisou que os árabes têm obrigação de vencer a Tunísia."É preciso estudar a fundo a forma de jogar dos nossos adversários. Sei que a Tunísia passou a ser a grande esperança dos africanos na Copa do Mundo, pois seleções como Camarões, Nigéria e África do Sul ficaram de fora. O técnico Roger Lemerre tem experiência, mas não poderá contar com o brasileiro Francileudo nas duas primeiras partidas. Temos a obrigação de vencer a Tunísia", disse o treinador.Em seu último amistoso, antes da Copa do Mundo, a seleção da Arábia Saudita venceu o time misto do Eintracht Frankfurt por 8 a 0, nesta quinta-feira, na cidade de Frankfurt, na Alemanha. Paquetá considerou que o jogo foi bom para o time árabe, que vem evoluindo a cada partida, e acredita que os jogadores estão cada vez mais motivados. "Agora que falta muito pouco para a nossa primeira partida na Copa do Mundo. Vamos continuar com os treinos táticos e físicos. Os jogadores estão apresentando um equilíbrio dentro e fora de campo e isso será importante durante o mundial", afirmou. A Arábia Saudita está no grupo H, que conta também com Tunísia, Ucrânia e Espanha.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.