Gilvan de Souza/Flamengo
Gilvan de Souza/Flamengo

Paquetá elogia Renato Gaúcho, mas diz que Fla tem que 'dar o melhor' por Barbieri

Interino comanda o rubro-negro em amistoso neste sábado, diante do Atlético-GO

Estadão Conteúdo

06 de abril de 2018 | 16h50

Ainda sem a definição do novo treinador, o Flamengo treinou nesta sexta-feira de manhã sob o comando do técnico interino Maurício Barbieri, que ganhou elogios do meia Lucas Paquetá antes do amistoso diante do Atlético-GO, marcado para este sábado, às 16 horas, no estádio Olímpico, em Goiânia.

+ Flamengo anuncia despedida do goleiro Julio Cesar contra o América-MG

+ Mal em campo, Flamengo tem maior arrecadação da história em 2017

Paquetá enalteceu a maneira como Barbieri conduz os treinamentos e a paciência para explicar os detalhes do que pensa aos jogadores. "O Barbieri é um excelente treinador, procura explicar bastante o que ele quer dentro da função e detalha bem a forma de jogar", elogiou o jovem. "Está buscando acertar algumas coisas que não ficaram tão bem e estamos focados para esse jogo de sábado, buscando dar uma resposta para ele, que está no ajudando no dia a dia", completou.

Auxiliar técnico da comissão permanente do clube, Barbieri assumiu a equipe interinamente após a demissão de Paulo César Carpegiani e aparece como uma das opções para comandar o time no restante da temporada. No entanto, o foco da diretoria é a contratação de Renato Gaúcho, que anunciou que definirá seu futuro após a final do Estadual no Sul.

"Renato é um bom nome, foi eleito o melhor técnico da América. Não só ele, mas quem vier vai ser muito bem recebido", disse Paquetá. "Acho que a expectativa é de todos. Independente do técnico que vier, temos que estar preparados para dar o melhor pelo Flamengo. Hoje, temos que trabalhar para dar o melhor pelo Barbieri", enfatizou o jovem.

Além de Carpegiani, também foram demitidos todos os membros do departamento de futebol do clube - diretor de futebol Rodrigo Caetano, o gerente Mozer, o preparador físico Marcelo Martorelli e os auxiliares Rodrigo Carpegiani e Jayme de Almeida.

Paquetá também fez elogios a Carlos Noval, novo diretor executivo de futebol do Flamengo, com quem já havia trabalhado e conquistado títulos nas categorias de base do clube. "Feliz pelo Noval. Era um trabalho que vinha fazendo na base com seu planejamento e que gerou títulos para o Flamengo. Esperamos conquistar títulos com o trabalho dele, agora no profissional", concluiu.

O último treino do Flamengo antes do amistoso com o Atlético-GO, pelos 81 anos do clube goiano, aconteceu na manhã desta sexta-feira, no Ninho do Urubu. Na atividade, Barbieri fez os últimos ajustes para o jogo festivo. Sem Diego Alves, Rhodolfo, Geuvânio e Vizeu, machucados, o Fla deve ter ir a campo com: César; Rodinei, Juan, Réver e Renê; Cuellar; Éverton Ribeiro, Diego e Paquetá; Everton e Henrique Dourado.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.