Philippe Desmazes / AFP
Philippe Desmazes / AFP

Paquetá marca, Lyon abre 3 a 1, mas permite reação do surpreendente Foot Clermont

Após boa primeira etapa, equipe sofre empate nos minutos finais do segundo tempo

Redação, Estadão Conteúdo

22 de agosto de 2021 | 11h58

O Lyon segue decepcionando neste início de Campeonato Francês. O time dos brasileiros Lucas Paquetá, Bruno Guimarães, Thiago Mendes e Marcelo ainda não somou uma vitória sequer em três rodadas. Neste domingo, jogando em casa, ficou perto do triunfo. Abriu 3 a 1 em ótimo primeiro tempo, mas viu o surpreendente Foot Clermont reagir nos 10 minutos finais e buscar o empate por 3 a 3.

Paquetá fez um belo gol para o time da casa no Parc OL, com tabela que relembrou os velhos tempos do futebol mundial. Mas, Rashani acabou sendo o destaque do emocionante empate com dois gols para os visitantes na reta final do jogo.

A invencibilidade do Foot Clermont parecia que chegaria ao fim neste domingo com um excelente início de jogo do Lyon. Em menos de cinco minutos, foram duas chances boas, antes de Gastien cometer pênalti em Dembélé. O próprio jogador cobrou e abrir o marcador.

A reação veio rápida com gol contra de Diomandé aos 12 minutos. Mas, em jogada criada por Bruno Guimarães, Dembélé recolocou o Lyon em vantagem. Nos acréscimos do primeiro tempo, Paquetá fez um gol com linda tabela. Foram cinco trocas de passes até o camisa 10 bater colocado.

Saiu dando cambalhotas e festejando muito a enorme vantagem no marcador. Bastava ao Lyon administrar o placar na etapa final. Foi o que aconteceu até os 35 minutos, quando entrou em ação Rashani, ponta esquerda nascido no Kosovo que viveu dia de centroavante em Lyon.

Rashani foi o nome da reação do caçula do Campeonato Francês, ao anotar os dois gols no fim do segundo tempo, aos 35 e aos 46 minutos, que garantiram o empate. Mesmo novato, seu time segue invicto, agora com sete pontos conquistados - vinha de duas vitórias seguidas. O Lyon soma somente dois pontos, entre os piores colocados.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.