Gilvan de Souza/ Flamengo
Gilvan de Souza/ Flamengo

Paquetá se emociona com golaço e ganha elogios no Flamengo

'Agradeço a Deus por ter feito meu primeiro gol nos profissionais', declara o meia

Estadao Conteudo

20 Fevereiro 2017 | 09h38

Após participar da pífia campanha da seleção brasileira no sul-americano Sub-20, o meia Lucas Paquetá voltou ao Flamengo e aproveitou muito bem a oportunidade que recebeu do técnico Zé Ricardo. Entrou no segundo tempo do duelo contra o Madureira e marcou um golaço para fechar a goleada por 4 a 0.

No lance, tentou enfiar uma bola para Mancuello, o goleiro cortou e o jovem de 19 anos, mesmo de muito longe, não teve dúvida. Arriscou o chute de cobertura e mandou para o fundo das redes.

"Agradeço a Deus por ter feito meu primeiro gol nos profissionais. Fui feliz em marcar e nunca tinha feito um gol assim, mas quando surgiu a oportunidade consegui converter", disse o garoto, que já havia tido seu nome cantado pela torcida quando entrou no lugar de William Arão.

"Fico muito feliz pelo carinho da torcida, que independentemente de resultado e circunstância está sempre apoiando, sempre incentivando. Agradeço a eles também pelo apoio e quero manter o foco aqui no Flamengo, fazendo meu melhor para ir conquistando meu espaço no elenco", afirmou.

O jovem, que chorou com o gol, foi elogiado pelo técnico Zé Ricardo, com quem já havia trabalhado na base. "Ele tem uma história muito bonita no clube, o conheço desde o time infantil. O Paquetá teve momentos difíceis, mas os superou. Fico feliz por participar desse momento dele. Sabemos o quanto ele trabalhou para chegar onde está. Espero que possa manter o alto nível, torço para que continue nos ajudando", afirmou o treinador.

Mais conteúdo sobre:
paquetáfutebolFlamengo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.