Paquetá segue acreditando em classificação da Arábia

O brasileiro Marcos Paquetá, técnico da seleção da Arábia Saudita, disse que ainda acredita na classificação de sua equipe para as oitavas-de-final. "precisamos sem ter esperanças para tudo enquanto estivermos vivos", filosofou o treinador."Sabemos que a Espanha é um adversário muito forte, mas mantemos nossas esperanças em passar pra a próxima fase do Mundial", afirmou Paquetá, que comparou o desempenho de seu time com o da Ucrânia, quando a equipe do leste europeu também perdeu por 4 a 0 para a Espanha na primeira rodada do grupo H."sofremos exatamente o que a própria Ucrânia sofreu contra a Espanha. Tomamos um gol logo no início da partida e isso nos abalou muito. Mas mesmo assim acho que meus jogadores lutara muito. Fizemos tudo o que poderíamos ter feito", lamentou o brasileiro.Porém, mesmo admitindo a vitória ucraniana como merecida, Paquetá culpou o tempo chuvoso como um fator importante para o resultado do jogo: "O tempo influiu porque a gramado estava muito escorregadio e meus atletas tiveram dificuldade para controlar a bola"."Saio triste com o resultado mas satisfeito com a atuação de meus jogadores, que deram tudo de si. Mas a Copa ainda não terminou para nós, nos mantemos na competição e vamos continuar lutando muito por essa vaga", conclui o treinador.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.