Para Adriano, Neymar deve se acostumar com faltas

Lateral-esquerdo do Barcelona fala sobre a lesão que o afastou durante boa parte da temporada passada

AE, Agência Estado

12 de setembro de 2013 | 11h04

BARCELONA - As duras faltas sofridas por Neymar na partida contra Portugal, terça-feira à noite, em Boston, são só o prenuncio do que virá pela frente na carreira do craque em campos espanhóis. Pelo menos é essa a opinião do lateral-esquerdo Adriano, acostumado a jogar contra o pouco delicado zagueiro Pepe, do Real Madrid, um dos que chegou pesado em Neymar no amistoso.

"Ele tem que estar acostumado, sempre foi assim contra Portugal. No Brasil lhe davam muitas porradas e aqui não será diferente. Mas ele não tem que entrar em nenhum conflito. Deve jogar o que sabe", opinou Adriano, agora companheiro de Neymar no Barcelona.

O lateral-esquerdo concedeu entrevista coletiva nesta quinta-feira e falou sobre o trabalho com o novo técnico da equipe, o argentino Gerardo Martino. "Ele me perguntou sobre várias posições. Se já joguei de ponta, tivesse problemas no miolo de zaga se eu poderia jogar ali. Falei com ele e ele me deu confiança. Espero jogar bem. Ele não veio para mudar nada, ainda que venha a nos pedir um jogo mais direto", comentou.

Adriano também comentou sobre a lesão que o afastou durante boa parte da temporada passada e sua perspectiva para a que começa. "Sempre tento melhorar como jogador. É uma pena o que aconteceu comigo no ano passado, com a lesão que tive. Estou fazendo um trabalho físico para ganhar potência e resistência. Desde que terminou a temporada passada trabalho mais", contou o brasileiro.

Tudo o que sabemos sobre:
futinterfutebolBarcelonaNeymar

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.