Para André Dias, São Paulo é forte mesmo com desfalques

Zagueiro diz que jogadores estão preparados para 'ir no pau' contra o São Caetano nesta quinta-feira

05 de fevereiro de 2008 | 12h32

O zagueiro André Dias não está desanimado pelo grande número de desfalques do São Paulo e diz que o clube está pronto para "ir no pau" contra os adversários. Nesta quinta-feira, o time do Morumbi enfrenta o São Caetano, em casa, pela sétima rodada do Campeonato Paulista.   O técnico Muricy Ramalho só terá 11 jogadores de linha para escalar. Ele deve começar o jogo com: Rogério Ceni; Reasco, André Dias, Miranda e Júnior; Fábio Santos, Zé Luís, Jorge Wagner e Hugo; Borges e Adriano.   Alex, o décimo primeiro jogador de linha em boas condições, deve ficar no banco. Também ficam entre os reservas Aloísio, Juninho e Carlos Alberto, que ainda não têm condições físicas ideais para atuar.   Hernanes e Richarlyson estão na seleção brasileira, Dagoberto está machucado e Joílson está suspenso.   "Apesar dos problemas, é um ótimo time", conta André Dias. "Claro que as circunstâncias são desfavoráveis, mas o Muricy, pela experiência que tem, vai saber o que fazer dentro de campo. Não temos outra alternativa, temos de ir para o pau mesmo."   O São Paulo é o único time invicto dentro do Paulistão. O duelo contra o São Caetano acontecerá às 19h30, com transmissão em tempo real do estadao.com.br.

Tudo o que sabemos sobre:
São Paulo FC

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.