Nilton Fukufa/Estadão
Nilton Fukufa/Estadão

Para Arboleda, disputa para ser titular da defesa do São Paulo está aberta

Equatoriano garante que não se sente dono da posição e vê duelo com Bruno Alves, Anderson Martins e Rodrigo Caio em aberto

Estadao Conteudo

05 Julho 2018 | 21h02

O zagueiro equatoriano Arboleda afirmou nesta quinta-feira que não se sente titular no São Paulo e que a briga para preencher as duas vagas no miolo do setor defensivo tricolor está aberta entre ele, Bruno Alves, Anderson Martins e Rodrigo Caio, que está machucado.

+ Conmebol antecipa uso do VAR para as quartas da Libertadores e da Sul-Americana

+ Aguirre elogia desempenho do São Paulo após jogo-treino

+ Carneiro e Nenê marcam para o São Paulo em jogos-treino contra o Red Bull

"A verdade é que todos têm qualidade para disputar a posição. A única coisa que faço é trabalhar no dia a dia para ter um posto aqui. Não me considero titular, me considero um trabalhador a mais", afirmou Arboleda, logo após treinamento físico no CT da Barra Funda, em São Paulo - em seguida o elenco retornou para Cotia (SP), onde segue os treinos de intertemporada até este sábado.

A disputa na defesa tricolor tem sido acirrada. Nas últimas três partidas não foi repetida a dupla de zaga. No triunfo diante do Vitória por 3 a 0, jogaram Arboleda e Bruno Alves. Na vitória sobre o Atlético Paranaense, estiveram em campo Bruno Alves e Anderson Martins. E no empate por 0 a 0 com o Internacional, os titulares foram Arboleda e Anderson Martins.

"O Anderson Martins e o Bruno Alves também têm jogado bem e isso fortalece o nosso sistema defensivo", comentou Arboleda, ao lamentar a contusão de Rodrigo Caio. "É um jogador de alto nível", elogiou o equatoriano.

O defensor falou ainda sobre o trabalho do técnico uruguaio Diego Aguirre. "Com a chegada do Aguirre, o time ficou mais forte e cresceu de produção, tanto na defesa quanto no ataque. Acreditamos no trabalho desenvolvido pela comissão técnica e estamos no caminho certo para ter um time bem competitivo no segundo semestre", avaliou.

Arboleda projetou a sequência de jogos do São Paulo na volta do Campeonato Brasileiro - contra Flamengo, no próximo dia 18, no Rio de Janeiro; Corinthians, no dia 21, no estádio do Morumbi; Grêmio, no dia 26, em Porto Alegre; e Cruzeiro, no dia 29, em Belo Horizonte.

"Nesse período da parada para a Copa do Mundo estamos corrigindo os pequenos erros que cometemos. Temos quatro jogos muito importantes pela frente. E sabemos que se ganharmos os quatro vamos brigar pelos primeiros lugares", disse Arboleda, confiante, ao descartar qualquer proposta para deixar o clube. "Eu não sei nada ainda".

O São Paulo é o terceiro colocado do Brasileirão com 23 pontos, a quatro do líder Flamengo. No segundo semestre, o clube paulista também disputa a Copa Sul-Americana.

 

 

Mais conteúdo sobre:
São Paulo Futebol Clube

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.