Para Beckenbauer, seleção alemã "precisa de Klinsmann"

O ex-jogador Franz Beckenbauer, presidente do Comitê Organizador do Mundial, acredita que o técnico Jürgen Klinsmann deve continuar à frente da seleção alemã. "A equipe precisa de Klinsmann. Não podemos continuar sem ele. Klinsmann começou algo e deve terminar", afirmou o "Kaiser", em declarações publicadas na edição desta sábado do jornal local Die Welt. Beckenbauer destacou ainda que, graças à estratégia de jogo de Klinsmann, a Alemanha voltou a jogar bem. "A derrota contra a Itália se deveu, em grande parte, ao fato de os jogadores alemães serem muito jovens em relação aos adversários mais experientes", afirmou. A resistência de Klinsmann de falar sobre seu futuro só fez aumentarem os rumores sobre sua saída da seleção - temor que ele mesmo alimentou ao declarar que somente anunciará a decisão depois de falar com sua família, que mora nos Estados Unidos.

Agencia Estado,

08 Julho 2006 | 10h33

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.