Para Brasil, Felipão não é adversário

Brasil e Portugal (amanhã, às 17h15, no Porto) não deverá mesmo ser um simples amistoso. Para assistir ao reencontro entre Luiz Felipe Scolari, agora técnico da Seleção Portuguesa, e a Seleção Brasileira, 5.500 dos 8 mil ingressos reservados para brasileiros já haviam sido vendidos até ontem.Para os portugueses, a partida representa uma nova oportunidade de acabar com o tabu de 37 anos sem vitórias contra o Brasil - a última foi durante a Copa do Mundo de 1966, na Inglaterra, por 2 a 0, gols de Eusébio. Apesar de toda a expectativa para a partida, fica evidente nas declarações dos jogadores brasileiros que ninguém consegue considerar Luiz Felipe Scolari um adversário.Leia mais no Jornal da Tarde

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.