Twitter / Santos FC
Twitter / Santos FC

Pará celebra série invicta do Santos após final da Libertadores: 'Já ficou para trás'

Desde a derrota no Maracanã, equipe soma dois empates e duas vitórias no Campeonato Brasileiro

Redação, Estadão Conteúdo

19 de fevereiro de 2021 | 20h34

Perder a final da Copa Libertadores com um gol sofrido nos acréscimos machucou o Santos, mas o elenco acredita que tem dado a volta por cima. Após dois empates fora de casa, emplacou dois triunfos consecutivos na Vila Belmiro pelo Campeonato Brasileiro e ficou próximo da classificação ao torneio continental. Uma recuperação que foi celebrada pelo lateral Pará.

"A gente fica triste por não ter conquistado o título, mas já ficou para trás. Temos que focar no nosso próximo objetivo. Fizemos dois grandes jogos contra Coritiba e Corinthians e esperamos ter outra boa atuação para somarmos mais três pontos no campeonato", afirmou o lateral, um dos principais líderes do elenco - no sábado, ele completou 250 partidas pelo clube.

O Santos ocupa o oitavo lugar do Brasileirão com 53 pontos e pode se classificar antecipadamente às fases preliminares da Libertadores no domingo. Para isso, terá de derrotar o Fluminense e torcer para o Athletico-PR não vencer o Grêmio em Porto Alegre. Depois, na próxima quinta-feira, o time vai visitar o Bahia.

"A gente ainda tem duas partidas difíceis antes do fim da temporada, começando pelo Fluminense. O nosso principal objetivo é classificar a equipe para a Libertadores de 2021 e vamos lutar com unhas e dentes para que a gente possa fazer outro grande jogo e, se Deus quiser, garantir essa vaga", acrescentou o lateral-direito.

Se o Santos ainda busca a vaga na próxima Libertadores, o Fluminense, que ocupa a quinta posição, já está lá. Até por isso, Pará prevê um duelo complicado para a equipe no próximo domingo.

"Tem tudo para ser um grande jogo. Do lado do Fluminense tem jogadores de qualidade, jogadores de seleção e consagrados e a gente respeita muito, mas vamos estar jogando em casa e vamos fazer o melhor em busca de mais uma vitória", encerrou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.