Divulgação/Fortaleza
Divulgação/Fortaleza

Para encaminhar permanência na elite, Fortaleza desafia Atlético-MG no Castelão

Para o duelo, Rogério Ceni não poderá contar com o atacante Osvaldo, vetado com uma lesão na parte posterior da coxa

Redação, Estadão Conteúdo

02 de novembro de 2019 | 12h18

Com baixa probabilidade de rebaixamento, o Fortaleza pode encaminhar sua permanência no Campeonato Brasileiro no confronto diante do Atlético Mineiro, marcado para este sábado, às 17 horas, no Castelão, pela 30ª rodada. Para o duelo, o técnico Rogério Ceni não poderá contar com o atacante Osvaldo, vetado pelo departamento médico com uma lesão na parte posterior da coxa.

Osvaldo não é o único problema de Ceni para o setor ofensivo. Edinho pertence ao Atlético-MG e também não poderá atuar. Por outro lado, o volante Felipe vai retornar ao time titular após cumprir suspensão automática diante do Avaí.

"Nosso forte é o jogo coletivo. Não existe time titular ou reserva. Vou colocar em campo (contra o Atlético) quem estiver melhor fisicamente. Temos nosso estilo de jogo e vamos continuar com ele até o final", disse o treinador, que falou sobre a meta do time na competição.

"Nosso objetivo foi sempre manter o Fortaleza na Série A. Minha vontade é conquistar os pontos para permanecer na divisão o mais rápido possível. Nosso time luta até o final e os jogadores estão se dedicando ao máximo para conquistar a nossa meta", afirmou Rogério Ceni.

Vindo de um triunfo por 3 a 1 sobre o Avaí, o Fortaleza entra na rodada na 12ª colocação, com 35 pontos, cinco a mais do que o Fluminense, o primeiro time dentro da zona de rebaixamento.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.