Rodrigo Coca / Agência Corinthians
Rodrigo Coca / Agência Corinthians

Para evitar novas ameaças, Corinthians deixa de desembarcar em área comum de aeroportos

Alteração no procedimento de viagem do clube acontece após confusão com torcedores no dia 13 de setembro

Redação, O Estado de S.Paulo

22 de setembro de 2020 | 15h10

O Corinthians informou nesta terça-feira que não passará pela área de desembarque dos Aeroportos de Guararapes, em Recife, e de Guarulhos, em São Paulo. A alteração no procedimento de viagem do clube acontece em decorrência das ameaças sofridas pelos jogadores e comissão técnica no dia 13 de setembro.

Na ocasião, o clube voltava do Rio de Janeiro, onde havia perdido para o Fluminense por 2 a 1. O volante Ederson foi xingado e Araos foi empurrado. Nem mesmo Cássio foi poupado das cobranças. O goleiro precisou caminhar cercado por seguranças até a entrada do ônibus.

A princípio, essa determinação não possui prazo de validade. O Corinthians enfrenta o Sport, nesta quarta-feira, às 21h30, em partida válida pela 12ª rodada do Campeonato Brasileiro. O clube se encontra na 13ª colocação, com 12 pontos. Em seu último jogoa equipe alvinegra venceu o Bahia, em casa, por 3 a 2e se afastou da zona de rebaixamento.

Confira a nota oficial do clube

"Aos torcedores que pretendem comparecer no aeroporto, o Sport Club Corinthians Paulista informa que a delegação não passará pelo desembarque. A saída se dará diretamente pela pista, conforme autorizado pelo Aeroporto Internacional do Recife Guararapes - Gilberto Freyre. Da mesma forma acontecerá o retorno a São Paulo, no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na quinta-feira."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.