Para evitar tumulto, treino do Corinthians é cancelado

A diretoria do Corinthians cancelou o treino que os jogadores fariam na tarde desta sexta-feira, em preparação para o clássico de domingo, contra o São Paulo. O objetivo foi evitar a exposição dos jogadores aos protestos da torcida, um dia depois do tumulto que encerrou prematuramente a partida contra o River Plate, na noite desta quinta-feira, no Pacaembu.A derrota por 3 a 1 eliminou o Corinthians da Libertadores e provocou revolta na torcida, que tentou invadir o campo e entrou em conflito com a polícia. Dezenas de pessoas ficaram feridas, algumas com gravidade.Por causa do conflito, a Federação Paulista de Futebol afirmou que o clássico de domingo, que estava marcado para o Pacaembu, será disputado em outro lugar. O Morumbi não deve ser escolhido porque há temor de represálias de torcedores corintianos ao patrimônio do São Paulo - além disso, como o estádio pertence ao rival, a mudança configuraria inversão do mando de campo.A principal opção é o Teixeirão, em São José do Rio Preto, um dos principais estádios do interior paulista.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.