Para Felipão, problema de Ronaldo é carência afetiva

Carência afetiva. Este pode ser, segundo Luiz Felipe Scolari, o problema de Ronaldo. Apesar de não gostar de fazer comentários sobre a seleção brasileira, o técnico de Portugal se rendeu à má fase do atacante que dirigiu na vencedora campanha de 2002 na Ásia. ?Em alguns momentos, e nós fizemos isso quando trabalhamos juntos, é preciso mostrar ao Ronaldo, que existe alguém que está preocupado com ele.? Felipão fez uma comparação com o Cristiano Ronaldo, atacante da seleção portuguesa, que também sofre inúmeras críticas por parte da imprensa. ?Existem jogadores que precisam de carinho, não de serem mimados, em alguns momentos da carreira. E eles dois precisam às vezes.? Quando perguntado a fazer comparações entre a seleção portuguesa e a brasileira, Scolari se negou e apenas disse se que trata de dois grupos diferentes. ?Posso dizer que estava feliz lá em 2002 e também estou muito feliz agora aqui.?

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.