Para Fossati, gol no início deu tranquilidade ao Inter

Ao contrário das últimas apresentações no Campeonato Gaúcho, o Internacional teve uma atuação consistente e tranquila nesta quinta-feira, na vitória sobre o Deportivo Quito por 3 a 0, no Beira-Rio. O triunfo assegurou o time na primeira colocação do Grupo 5 e a vaga nas oitavas de final da Copa Libertadores.

AE, Agência Estado

22 de abril de 2010 | 23h18

O técnico Jorge Fossati, que fez poucas mudanças na equipe, atribuiu a boa atuação do Inter ao gol marcado logo aos 3 minutos de jogo, por Andrezinho - substituiu Giuliano, na única alteração do time.

"A equipe não teve mudanças importantes. Simplesmente foi continuar trabalhando e a equipe ir se acertando. A grande diferença do jogo é que a gente começou vencendo, o que dá uma tranquilidade maior", explicou Fossati, se referindo aos gols que o Inter levou no início das últimas partidas do estadual.

Nas oitavas de final, o Inter terá pela frente o Banfield, da Argentina. "O Inter jogou bem e se impôs com méritos. Agora é procurar chegar bem no próximo confronto da Libertadores, que vai ser bem difícil", previu o treinador.

O vice-presidente de futebol Fernando Carvalho também celebrou a evolução do time, em relação ao estadual. "Estou muito feliz. Estamos crescendo no momento da decisão. Isto é muito importante. Fizemos os gols e não demos chances ao adversário. Este crescimento se reflete para tudo".

Para o zagueiro Sorondo, o time conseguiu mostrar seu melhor futebol no momento decisivo da competição. "Agora são só jogos decisivos. Acho que o time está sendo consciente disso e está botando pra fora todo o futebol que conhece", disse o uruguaio.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.