Alexandre Lops/Divulgação
Alexandre Lops/Divulgação

Para Guiñazu, vitória do Internacional no Gre-Nal é 'obrigação'

Volante elogia o elenco apesar da campanha sem muitos resultados no Brasileirão

AE, Agência Estado

27 de novembro de 2012 | 12h53

PORTO ALEGRE - As quatro derrotas consecutivas do Internacional e o fim de ano melancólico no Campeonato Brasileiro não impediram que o volante Guiñazu elogiasse o grupo de jogadores. Ele seguiu seu companheiro D'Alessandro ao pedir respeito à equipe, mas admitiu que vencer o clássico de domingo diante do Grêmio, na última rodada, em jogo que marca a despedida do Estádio Olímpico, é "obrigação".

"Gre-Nal é diferente. Tem que tirar força de onde não tem. É obrigação vencer. Vamos lutar muito para encerrar o ano com vitória. Cada um tem a sua motivação dentro de si. O Inter merece respeito, pois somos um grupo vencedor, que ganhou muitas coisas nos últimos anos", declarou.

Nesta terça-feira, o Inter fez seu primeiro treino visando a partida. Sem novos desfalques - somente o lateral Kleber e o atacante Dagoberto seguem fora, por lesão -, o técnico interino Osmar Loss comandou uma atividade com bola no CT do Parque Gigante pela manhã.

Até pela má fase, a equipe terá uma programação diferenciada ao longo da semana, com os treinos das manhãs de quinta, sexta e sábado sendo realizados com portões fechados no Beira-Rio. A concentração para o clássico também foi antecipada e os jogadores terão que se apresentar já na sexta-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBrasileirãoInterGuiñazu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.