Para IFFHS, Parreira é apenas o 4º técnico

Os técnicos brasileiros ocupam posições modestas na lista dos melhores do mundo em 2003, elaborada pela Federação de História e Estatísticas do Futebol (IFFHS) e divulgada nesta terça-feira. De acordo com o instituto, que tem sede em Wiesbaden, na Alemanha, o melhor técnico do mundo no ano passado foi o francês Jacques Santini. Karel Bruckner, da República Checa, aparece em segundo lugar e o inglês Sven-Goran Eriksson em terceiro. O brasileiro melhor classificado foi Carlos Alberto Parreira, que aparece na quarta posição. Luiz Felipe Scolari, atual campeão do mundo de seleções, é apenas o 10º colocado e Ricardo Gomes, que fracassou com a seleção brasileira Sub-23, divide a 18ª posição com o holandês Dirk Nicolaas Advocaat. Segundo o instituto, participaram da elaboração da lista dos melhores técnicos do mundo jornalistas esportivos e especialistas de 84 países. Veja a lista dos 20 melhores, segundo o IFFHS: .1. Jacques Santini (FRA) 150 pontos .2. Karel Brückner República Checa) 133 .3. Sven-Goeran Eriksson (ING) 74 .4. Carlos Alberto Parreira (BRA) 52 .5. Marcelo A. Bielsa (ARG) 43 .6. Giovanni Trapattoni (ITA) 43 .7. Winfried Schaefer (CAM) 42 .8. Aleksandres Starkovs (LET) 33 .9. Morten Olsen (DIN) 31 10. Luiz Felipe Scolari (BRA) 31 11. Ricardo La Volpe (MEX) 29 12. Otto Rehhagel (GRE) 23 13. Rudolf Voeller (ALE) 22 14. Senol Günes (TUR) 21 15. Juan Ramón Carrasco (URU) 19 16. José Ignacio Sáez Ruiz (ESP) 19 17. Bruce Arena (EUA) 15 18. Dirk Nicolaas Advocaat (HOL) 12 Ricardo Gomes (BRA) 12 20. Tommy Soederberg (SUE) 8

Agencia Estado,

27 de janeiro de 2004 | 11h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.