Para internautas, italianos querem desestabilizar o Brasil

Assim como o treinador da seleção brasileira, Carlos Alberto Parreira, os internautas do Portal Estadão acreditam que o pedido de prisão do lateral-direito Cafu, feito nesta segunda por um promotor italiano, foi feito para desestabilizar a equipe pentacampeã mundial às vésperas de estrear na Copa do Mundo contra a Croácia, nesta terça, em Berlim.Numa pesquisa realizada desde a divulgação da notícia, mais de 2.700 pessoas votaram e a grande maioria (78,61%) dos internautas concordou que os italianos estão a fim de criar um clima ruim na seleção brasileira com o problema enfrentado por Cafu. Apenas 21,39% acham que não há ligação do fato com a idéia dos rivais em atrapalhar a campanha do Brasil no Mundial.O problema vivido por Cafu começou em 2004, quando ainda atuava pela Roma. Com a ajuda de sua esposa Regina, o lateral conseguiu a cidadania italiana, que permitiu ser inscrito nos campeonatos como um jogador da Comunidade Européia. No entanto, a Promotoria italiana alega que o jogador utilizou documentos falsos e, por isso, pediu a prisão de nove meses de Cafu, de sua mulher e do presidente da Roma, Franco Sensi.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.