Reprodução
Reprodução

Para jornal espanhol, jogos pela seleção fazem Neymar ser banco no Barça

Segundo o Marca, excesso de jogos pelo Brasil obriga o atacante a descansar no clube

O Estado de S. Paulo

16 de outubro de 2013 | 17h54

SÃO PAULO - Reportagem publicada nesta quarta-feira no portal do diário esportivo espanhol Marca afirma que Neymar só não começa mais partidas pelo Barcelona em função do acúmulo de jogos que faz pela seleção brasileira. Intitulado "Brasil não lhe deixa respirar", o texto faz um levantamento sobre a presença do atacante nos últimos cinco amistosos da seleção, e compara com o número de partidas que o jogador já fez pelo Barcelona.

"Tata Martino disse desde o primeiro dia que a rotação de jogadores do time leva em conta o número global de minutos jogados, seja no Barcelona ou na seleção. O caso de Neymar é muito claro: joga sempre na seleção e tem que descansar no Barcelona", garante o texto. "A prova está nos números. De 450 minutos em cinco amistosos com o Brasil, Neymar só deixou de jogar 11. No Barcelona, de 1080 minutos possíveis em 12 partidas, o atacante não jogou 322, o que supõe quatro partidas completas. E a previsão é de que fique fora sábado em Pamplona."

Desde que Felipão assumiu a seleção brasileira, Neymar tem sido titular em todos os jogos da equipe. O jogador se transferiu para o Barcelona depois da Copa das Confederações, e nesse período o Brasil fez cinco amistosos. Desses jogos, o atacante apenas não atuou nos dez minutos finais contra Zâmbia, e no último minuto do jogo contra Portugal.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.