Para Juninho, futuro está indefinido

Um dia após seu pai e procurador, Oswaldo Giroldo, ter afirmado que seu retorno ao Atlético de Madrid (Espanha) deverá acontecer em julho, quando encerra o contrato do empréstimo de seu passe ao Flamengo, o meia Juninho Paulista garantiu que nada ainda foi resolvido. "Não podemos falar antes de as coisas acontecerem. O Atlético ainda não conseguiu a classificação matemática para a primeira divisão e isso pode atrapalhar um pouco", afirmou o atleta. Juninho Paulista condicionou seu retorno ao futebol espanhol a volta da equipe espanhola à Primeira Divisão. Atualmente, faltam 11 rodadas para o fim da competição e o Atlético é o líder com 63 pontos, 14 de diferença para o quarto colocado. Somente três clubes sobem para a divisão de elite.

Agencia Estado,

29 Março 2002 | 18h56

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.