André Rigue/estadão.com.br
André Rigue/estadão.com.br

Para Leco, São Paulo nunca menosprezou o Paulistão

Dirigente elogia nova fórmula e afirma que o Campeonato Paulista sempre obteve a atenção do clube, mesmo em anos com participação na Libertadores

ANDRÉ RIGUE , estadão.com.br

26 de outubro de 2010 | 18h10

O vice-presidente do São Paulo, Carlos Augusto de Barros e Silva, o Leco, foi um dos últimos cartolas a chegar na reunião do conselho arbitral que definiu a fórmula de disputa do Paulistão 2011. O dirigente estava descontraído na sede da Federação Paulista de Futebol (FPF) e afirmou que o clube tricolor nunca deixou o Estadual em segundo plano.

 

Veja também:

linkCampeonato Paulista de 2011 voltará a ter a disputa das quartas de final

 

Nos últimos anos, o São Paulo teve um relacionamento complicado com a FPF, principalmente com o presidente Marco Polo Del Nero. O clube, por muitas vezes, deu atenção total à Copa Libertadores. "Isso é do momento", afirmou Leco. "O Paulista é um torneio importante e sempre atraí a atenção do torcedor. Não canso de repetir que o São Paulo sempre deu atenção."

 

Leco gostou da nova fórmula adotada pela FPF. A partir de 2011, os oito primeiros se classificarão para a disputa das quartas de final. Nos últimos quatro anos, apenas os quatro primeiros avançavam. "É uma fórmula que amplia o interesse em função de ser mais dinâmica. Todos os grandes terão de ter atenção com os jogos. É uma fórmula igualitária."

 

O São Paulo tem como principal meta nesta temporada terminar entre os quatro primeiros do Brasileirão para conseguir uma vaga na Libertadores. Leco não quis comentar a possibilidade ficar fora do torneio sul-americano e ter de disputar o Paulistão e a Copa do Brasil. "O Estadual faz a gente jogar por várias cidades. Acredito que teremos uma boa participação."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.