Luca Bruno/AP
Luca Bruno/AP

Para Leonardo, Beckham não deve jogar como lateral-direito

Técnico brasileiro diz que não pretende utilizar o inglês na posição; jogador de 34 anos quer retornar à Copa

Reuters

05 de janeiro de 2010 | 13h47

David Beckham não deve jogar como lateral-direito no Milan, disse nesta terça-feira o técnico Leonardo, no entanto sem descartar totalmente a possibilidade.

O jogador de 34 anos, que voltou ao Milan emprestado pelo Los Angeles Galaxy pelos próximos cinco meses de olho numa vaga na seleção inglesa para a Copa do Mundo, disse que estaria disposto a jogar numa nova função para substituir o lesionado lateral Massimo Oddo.

"Beckham, como lateral? Não testei ele nessa posição porque acho que estamos bem cobertos de laterais", disse Leonardo em entrevista coletiva, antes da partida de quarta-feira em casa contra o Genoa, pelo Campeonato Italiano.

"Em todo caso, ele está disposto a encontrar qualquer solução. Se eu tiver novas ideias que possam ter bons resultados, estou aberto."

As chances de Beckham estrear como titular em seu primeiro jogo no retorno ao futebol italiano aumentaram devido a lesões dos meio-campistas Clarence Seedorf e Andrea Pirlo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.