Para Luxemburgo, briga não interfere no rendimento do time

Técnico não quer que seus jogadores percam o foco para o jogo contra o Fluminense, neste sábado, no Rio

Redação,

23 de outubro de 2008 | 10h11

A derrota do Palmeiras para o Argentinos Juniors pela Copa Sul-Americana trouxe mais problemas do que o técnico Vanderlei Luxemburgo esperava. Ao final do duelo, os jogadores dos dois times trocaram agressões e esquentaram o clima para a partida de volta, em 5 de novembro. Veja também:Árbitro erra e Palmeiras perde o jogo e a cabeça no Palestra Resultados e calendário da Copa Sul-Americana Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão Ouça o gol do jogo pela Rádio Eldorado/ESPN Bate-Pronto: Paradinha no pênalti, vale ou não?  Luxemburgo, no entanto, não quer que a competição Sul-Americana tire o foco do time para a partida contra o Fluminense pelo Campeonato Brasileiro, neste sábado, no Rio. O alviverde precisa da vitória para continuar entre os primeiros colocados. "Tenho de conversar com os jogadores sobre essa pancadaria", afirmou o treinador. "Nosso foco é o Campeonato Brasileiro. Tenho certeza de que esse problema não irá interferir no rendimento contra o Fluminense. Jogamos contra os argentinos já de olho no sábado." Para Luxemburgo, o Palmeiras deve priorizar o Brasileirão. "Vou colocar no jogo de volta contra os argentinos o time que a Sul-Americana merece. Esse torneio é muito legal para atrapalhar. Chegamos num ponto em que temos de buscar o melhor para os jogadores." Contra o Fluminense, o Palmeiras não terá Diego Souza, Léo Lima e Roque Júnior, suspensos por receberem cartões na partida contra o São Paulo, no último domingo, que terminou empatada por 2 a 2.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.