José Patrício/AE
José Patrício/AE

Para Mano, empate com Botafogo foi escorregão

'Não soubemos administrar as três vezes que estivemos na frente', lamenta o técnico, após os 3 a 3 no Pacaembu

MARCEL RIZZO, Jornal da Tarde

23 de agosto de 2009 | 21h31

Para técnico Mano Menezes, o Corinthians deixou de vencer o Botafogo neste domingo, no Pacaembu, por não saber administrar a posse de bola e a vantagem que construiu no placar durante a partida.

 

Veja também:

linkJOGO - Leia como foi Corinthians 3x3 Botafogo

especialMASCOTES - Baixe o papel de parede do seu time

especialVisite o canal especial do Brasileirão

Brasileirão 2009 - lista Tabela | tabela Classificação

especialDê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"Acho que demos um escorregão ao empatar em casa porque no meio da semana [quarta passada] tínhamos conseguido vitória fora contra um time que estava na nossa frente [o Inter]", avaliou Mano. "Mas deixamos de ganhar porque não soubemos administrar as três vezes que estivemos em vantagem", completou.

O Corinthians esteve três vezes à frente no marcador, mas em todas permitiu o empate. No final, o empate por 3 a 3 acabou sendo marcado por muita polêmica por causa da arbitragem do baiano Arilson da Anunciação.

Mano Menezes evitou criticar jogadores específicos ou apontar defeitos em sua equipe. De todo o modo, o treinador comentou que a rodada mostrou que o equilíbrio do campeonato é grande e, por isso, o torcedor corintiano já admite que pode brigar pelo título se encaixar boa sequência de resultados a partir de agora - o líder Palmeiras tem oito de vantagem sobre o Corinthians.

"Se você observar os resultados, só um rival que está à nossa frente venceu, e em confronto direto [o Palmeiras fez 2 a 1 no Internacional]. Isso mostra como é equilibrado. Se encaixarmos três bons jogos, uma diferença que é grande pode cair para três, quatro pontos. E aí tudo está aberto", analisou Mano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.