Para Mano Menezes, 'retranca' é responsável por boa fase

Técnico diz que Corinthians acertou ao apostar num forte sistema defensivo na reestruturação do elenco

Redação,

21 de fevereiro de 2008 | 10h19

O técnico Mano Menezes ficou satisfeito com o comportamento do Corinthians na vitória sobre a Portuguesa pelo Campeonato Paulista, resultado que deixou o clube momentaneamente na zona de classificação às semifinais. Para o treinador, apostar na defesa foi o fundamental para o bom início de temporada - a equipe não perde há 9 jogos, entre Paulistão e Copa do Brasil. Veja também: Classificação Calendário / Resultados  Bate-pronto - 'Queimar jornalistas': a especialidade do Paulistão Comissão do estádio do Corinthians se dissolve sem parecer No sufoco, Corinthians derrota a Portuguesa por 1 a 0 "Não tenho nada contra críticas [por ser retranqueiro], as pessoas pensam de formas diferentes sobre a montagem de uma equipe", explica Mano. "Mas eu acho que pelo momento que o Corinthians passava ao ser rebaixado no Brasileirão, a forma mais defensiva de jogo foi a melhor maneira de ganharmos o padrão que gostaríamos com mais segurança." Para Mano, a vitória sobre a Portuguesa, num clássico, é essencial para levantar a equipe. "As vitórias têm o mesmo valor, mesmo quando ocorrem sobre equipes de menor tradição. Mas é claro que o triunfo desta quarta-feira dá mais confiança aos jogadores por se tratar de um adversário que tem muita tradição no futebol paulista." FELIPEMais uma vez ovacionado pela torcida por fechar o gol corintiano, o goleiro Felipe disse que o ambiente no Parque São Jorge está cada vez melhor. "As mudanças começaram a ser feitas fora de campo, o que deixou o ambiente bom, refletindo nos resultados." Apesar da boa fase, o goleiro espera ter menos trabalho no próximo jogo, contra a Ponte Preta, no Estádio Moisés Lucarelli, neste domingo. "Quando o goleiro aparece muito, isso não é nada bom. Não estou aparecendo tanto como no Brasileirão porque nosso sistema defensivo melhorou. Mas espero que essa evolução continue."

Tudo o que sabemos sobre:
CorinthiansMano MenezesFelipe

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.