Para Maradona, o Brasil está jogando "a meia máquina"

Em entrevista concedida na noite desta terça-feira à rádio espanhola Cadena Sur, o ex-jogador Diego Maradona disse que o Brasil vem jogando "a meia máquina" desde o início da Copa. Mas ele espera que a equipe desperte. "Não é o que esperamos do Brasil. Estão jogando a meia máquina. Todos sabemos que eles são grandes jogadores, mas não conseguem tomar conta do jogo".O astro argentino ressaltou, no entanto, que quando uma seleção joga contra o Brasil é sempre possível esperar alguma genialidade que acabe com a partida. "Não podem jogar pior do que estão jogando. Só podem melhorar, e, aí, são temíveis".Decepcionado com a seleção brasileira, Maradona se mostrou animado com as equipes da Espanha e da Argentina. "As equipes que jogaram o melhor futebol neste Mundial foram, sem dúvida, Argentina e Espanha". Para ele, as duas seleções se classificaram com facilidade para a segunda fase, "vencendo com claro volume de jogo, muito toque de bola e com paciência. Os dois times têm jogadores para chegar ao gol a qualquer momento".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.