Cesar Greco/Ag. Palmeiras
Cesar Greco/Ag. Palmeiras

Para mudar o elenco, Flamengo quer tirar Felipe Melo do Palmeiras

Volante não é imprescindível para Felipão, mas negociação deve ser difícil

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

11 de dezembro de 2018 | 17h00

Felipão pode ter de escalar o Palmeiras de 2019 sem o volante Felipe Melo. O novo presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, quer contratar o jogador para transformá-lo em um símbolo de uma nova fase do elenco rubro-negro. A informação foi divulgada pelo Globoesporte.com e confirmada pelo Estado

A princípio, o clube paulista não pretende colocar grandes empecilhos para uma negociação, mas existem dois entraves. O clube carioca pretende uma liberação sem custos, opção descartada pelo Palmeiras. O segundo problema é o grande prestígio de Felipe Melo com a torcida, e a diretoria teme uma repercussão negativa.

Embora tenha sido titular na conquista do título brasileiro, Felipe Melo não é considerado imprescindível por Scolari. Em vários momentos, o treinador mostrou predileção por Thiago Santos, jogador igualmente eficiente na marcação e mais discreto. Além disso, o time contratou Matheus Fernandes, revelação do Botafogo.

Felipe Melo assinou com o Palmeiras sem custos de transação, mas com pagamento de luvas de R$ 8,4 milhões pagos até 2019. O volante tem mais um ano de contrato.

Na negociação, os cariocas apostam na identificação do jogador com o Flamengo, clube que defendeu no período de 2001 a 2003. Ao deixar a Inter de Milão, o jogador negociou com os cariocas, mas não chegou a um acordo financeiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.