Para muitos, Leônidas foi melhor que Pelé

Quase ninguém no Brasil ousa dizer que houve um jogador melhor do que Pelé na história do futebol. Muitos dos que acompanharam Leônidas da Silva jogar, no entanto, levantam uma questão polêmica e chegam a dizer que o inventor da bicicleta foi, no mínimo, tão bom quanto o Rei, mas não contou com o poder da mídia, da televisão.Um dos depoimentos mais marcantes é o de Oberdan Catani, grande goleiro da história do Palmeiras, que sofreu com as peripécias do atacante do São Paulo na área. Para ele, Leônidas foi imbatível."Leônidas era extraordinário, um terror dos goleiros", comenta Oberdan, antes de deixar escapar sua predileção pelo Diamante Negro. "Falam em Pelé, Pelé, mas sou mais o Leônidas."Luiz Mendes, comentarista da Rádio Globo, seguiu a carreira de ambos, mas acha difícil apontar um dos dois como mais bem dotado tecnicamente. "Leônidas não foi melhor, mas pior também não foi", diz. "Quem os viu jogar sabe que eram iguais."Quem o viu jogar lamenta a ausência da tevê em sua época. Poucas pessoas vivas tiveram o privilégio de conhecer suas jogadas geniais, os lances desconcertantes, descritos apenas em livros, revistas e jornais. "O que sobra é a lenda, transmitida boca a boca", comenta o escritor Benedito Rui Barbosa, conselheiro do São Paulo. "Meus filhos e netos não acreditam no que falo sobre Leônidas, mas não há como provar sem imagens."Uma certeza, contudo, todos os que estudaram sua vida têm. Ele pode até não ter sido melhor que Pelé, mas foi o primeiro Rei do Futebol. É o que conta André Ribeiro, autor da biografia ?O Diamante Eterno?."Descobri que antes de Pelé houve um outro Rei do Futebol. Leônidas foi o primeiro jogador a atingir essa grandeza, tornando-se tão conhecido como o próprio presidente Getúlio Vargas", afirma André Ribeiro.

Agencia Estado,

24 de janeiro de 2004 | 19h52

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.