Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Para Osmar Loss, Corinthians foi 'submisso' em derrota para a Chapecoense

Equipe alvinegra sofreu gol da virada no fim do jogo e tropeçou pela primeira vez contra o adversário

Estadão Conteúdo

12 Agosto 2018 | 19h21

O Corinthians perdeu para a Chapecoense por 2 a 1, neste domingo, em jogo com dois tempos completamente diferentes na Arena Condá, em Chapecó (SC), pela 18.ª rodada do Campeonato Brasileiro. Para o técnico Osmar Loss, o time foi "submisso" após ver a rival catarinense reagir no jogo e virar o placar.

"Tivemos o controle absoluto da partida no primeiro tempo. Na segunda etapa, a Chapecoense explorou um jogo mais franco e a gente foi mais submisso que eles, fomos empurrados para trás e entregamos o resultado. Pelo primeiro tempo que fizemos, o maior inimigo éramos nós, relaxar, perder o foco, as linhas de jogo. O futebol tem essas ‘traiçoeirices’. A Chapecoense tem um mérito, no banco, ficamos aflitos, mas hoje (domingo) até no final sofremos a derrota e não o empate", avaliou o treinador.

Osmar Loss ressaltou ainda que o campeonato não acabou e o time tem tudo para brigar pelas primeiras posições. "A gente ainda está no primeiro turno. Com uma derrota nossa, líderes vencendo, fica mais distante, mas temos um turno todo e temos objetivo de brigar na parte de cima", afirmou.

Nesta quarta-feira, o Corinthians enfrenta novamente a Chapecoense, desta vez pela segunda partida das quartas de final da Copa do Brasil, novamente na Arena Condá. O técnico garantiu que a derrota não influenciará o time. No primeiro duelo, o clube paulista venceu por 1 a 0. "São campeonatos distintos, jogadores distintos provavelmente. Decisões diferentes. Estaremos com ambiente seguro e sólido para quarta-feira", disse Osmar Loss.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.