JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

Para Osvaldo, pressão pode atrapalhar São Paulo na final

Para o jogador a necessidade de vencer para reagir incomoda o grupo

FERNANDO FARO, Agência Estado

16 de julho de 2013 | 19h53

SÃO PAULO - O péssimo retrospecto recente no São Paulo gerou um princípio de crise no clube. Já são sete jogos oficiais consecutivos sem vencer e o ambiente de pressão da torcida cresce a cada partida. O atacante Osvaldo não escondeu que o momento pode atrapalhar a equipe na segunda partida da decisão da Recopa Sul-Americana, diante do Corinthians, nesta quarta-feira, no Pacaembu.

Para o jogador a necessidade de vencer para reagir incomoda o grupo. "No fundo do poço não estamos, mas a derrota nos prejudica, nossa cabeça fica naquela pressão de querer vencer e isso acaba nos atrapalhando. O (Paulo) Autuori está conversando com cada um de nós e só uma vitória vai nos fazer retomar a confiança", declarou.

Mesmo com a forte pressão, Osvaldo garantiu que a possibilidade de ser campeão o motiva. "É lógico que a tensão é grande, uma equipe como o São Paulo não pode ficar tanto tempo sem vencer. A final traz uma motivação a mais e da minha parte espero poder fazer um bom jogo para ajudar a equipe a sair com a vitória."

Para o jogador, o título da competição sul-americana seria o jeito perfeito para iniciar uma reação e sair da má fase. "É uma partida diferente, mas é claro que vencer nos faz retomar a confiança. Mudaria muita coisa, traria a torcida pro nosso lado, a confiança ressurge, ainda mais contra o Corinthians. É tudo o que queremos, precisamos dar algo a mais", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolRecopaSão Paulo FCOsvaldo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.