Para Oswaldo de Oliveira, estreia de Leandro Damião foi 'maravilhosa'

Atacante de R$ 42 milhões passa em branco no confronto com Linense

Gonçalo Júnior, O Estado de S. Paulo

07 de fevereiro de 2014 | 10h05

RIO - O técnico Oswaldo de Oliveira ficou satisfeito com a estreia de Leandro Damião na vitória do Santos sobre o Linense, por 2 a 1, na noite desta quinta-feira. O atacante jogou cerca de 80 minutos, teve boa movimentação e chegou a marcar um gol de cabeça, que foi anulado corretamente pela arbitragem por causa de impedimento. "Fiquei satisfeito. Ele fez aquilo que havíamos combinado. Participou de todas as ações. Ele ficou muito tempo sem jogar e teve de superar a tensão da estreia. Foi uma estreia maravilhosa", avaliou o treinador.

O Santos anunciou a contratação do atacante no dia 17 de dezembro. O clube contou com a ajuda de investidores para tirar o jogador do Internacional por cerca de R$ 42 milhões e fechou um vínculo de cinco temporadas como o novo reforço. Foi o fundo de investimentos Doyen Sports, representado no Brasil pelo empresário Renato Duprat, que bancou a contratação. Após uma apresentação inovadora, que teve até passeio de bonde pelo centro de Santos, Damião começou um longo período de treinamentos no dia 9 de janeiro.

Um dos motivos para a demora da estreia foi a quitação da segunda das quatro parcelas pela compra do jogador. O pagamento foi feito na última terça-feira e o nome do jogador foi relacionado no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF. “Ele precisa ter tranquilidade para jogar e retomar o ritmo. No próximo jogo, ele vai evoluir ainda. Vamos precisar muito dele nas fases decisivas”, disse o treinador.  O Santos vai enfrentar o Comercial na terça-feira, na sétima rodada do Campeonato Paulista, na Vila Belmiro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.