Para palmeirenses, Santos será o campeão

A goleada do Santos sobre o União São João por 8 a 3, domingo passado, trouxe uma certeza no Palmeiras. A equipe da Vila Belmiro é hoje a melhor do Paulistão, favorita para ganhar a competição. "Não tem o que contestar", disse Diego Souza. "Nós, mesmo atrás, não podemos se intimidar. Estamos a quatro pontos do Santos (14 a 10) e, se vacilarmos, a diferença vai aumentar ainda mais. Só não me peçam para comentar o atual momento do Corinthians (lanterna do Grupo 1 do Paulistão) porque ano passado esse assunto já deu muito o que falar", brincou, referindo-se à proposta para a realização de um amistoso entre as duas equipes após o Palmeiras conquistar a Série B do Brasileiro.A empolgação do técnico Jair Picerni com os meninos da Vila vai além. "Um resultado como esse faz muito bem para o futebol." O treinador também admitiu que o Santos tem hoje a melhor equipe de São Paulo. Mas foi menos categórico que Diego em relação a quem irá conquistar o Paulistão. "As coisas mudam no futebol. E não me cabe avaliar as possibilidades dos adversários. Esse é um assunto para ser conversado com o Leão.As inscrições para o Campeonato Paulista terminaram, mas a diretoria continua se mexendo em busca de reforços para a Copa do Brasil. O zagueiro Galván, com passagens pelo Santos e Atlético Mineiro, foi oferecido a Jair Picerni, que recusou a oferta.O treinador, mesmo com quatro zagueiros no elenco (André Bahia, Leonardo, Gláuber e Nen), quer um jogador mais experiente para a posição. Daniel, que sofreu uma lesão no ligamento cruzado do joelho esquerdo, não sente mais dores após submeter-se à cirurgia, mas ficará pelo menos mais cinco meses parado. "Queria o Gamarra, um grande jogador, mas o que eu posso fazer", lamentou.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.