Para Pelé, Ronaldo "só precisa de um pouco de sorte"

Em entrevista concedida nesta quinta-feira ao site da Fifa, Pelé afirmou que Ronaldo ainda pode ser o artilheiro da Copa. "O que ele precisa é de um pouco de sorte". Além disso, ele disse que o melhor jogador jovem será o argentino Messi, que o Equador é a maior revelação da competição, a França é a maior decepção e que espera uma final entre Brasil e Alemanha.Com relação à seleção brasileira, Pelé foi diplomático. "O Brasil fez aquilo que esperávamos: ganhou e se classificou. O que acontece é que muitos querem que, além disso, o Brasil dê espetáculo. Isso não aconteceu e existe uma certa frustração. Mas o importante era a classificação e a hora da verdade para a equipe começa agora".Perguntado se concordava com a maioria dos críticos de que a Argentina foi a seleção que causou melhor impressão, o astro do futebol mundial desconversou. "Eles jogaram bem, mas a equipe de que mais gostei está eliminada: a Costa do Marfim. Eles enfrentaram as grandes seleções de cabeça erguida e não tiveram a sorte que se precisa para se ganhar".

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.