Marcos Brindicci/Reuters
Marcos Brindicci/Reuters

Para Riquelme, Boca caiu na Libertadores porque jogou mal

Meio-campista argentino define a tragédia da eliminação em casa para o Defensor da forma mais simples

EFE

22 de maio de 2009 | 12h59

O meia Juan Román Riquelme admitiu que o Boca Juniors não estava em uma noite inspirada na quinta-feira, quando perdeu em casa para o Defensor Sporting e deu adeus à Copa Libertadores.

Veja também:

link Não merecíamos ser eliminados, diz meia Vargas, do Boca

link Surpresa, imprensa argentina lamenta derrota do Boca

link Zebra: Defensor elimina Boca Juniors em pleno La Bombonera

especialVisite o canal especial da Libertadores

lista Libertadores - Calendário/Resultados

especial Dê seu palpite no Bolão Vip do Limão

"É difícil ganhar quando se joga mal. Não tivemos uma boa noite. A equipe não fez as coisas direito e, por isso, perdemos", disse Riquelme.

Os uruguaios foram ao estádio de La Bombonera e venceram por 1 a 0 a partida válida pela volta das oitavas-de-final. Na ida, as duas equipes tinham empatado em 2 a 2.

A derrota teve grande repercussão na imprensa argentina, e o técnico do Boca, Carlos Ischia, não compareceu à coletiva após a partida.

Com a eliminação na Libertadores e o desempenho ruim no torneio Clausura do Campeonato Argentino, o treinador deve deixar o comando do Boca em junho, segundo a imprensa local.

O dirigente José Beraldi, por sua vez, afirmou que é preciso "começar uma nova etapa".

Já o vice-presidente Juan Carlos Crespi garantiu que o clube "sempre cumpre os contratos" e lembrou que o de Ischia termina em dezembro.

Para o cartola, o técnico "não é o único responsável" pelo momento difícil. "A diretoria tem a máxima responsabilidade por tudo que acontece no clube. Somos todos culpados. Precisamos ficar unidos para sair desta situação", disse.

Tudo o que sabemos sobre:
Copa LibertadoresBoca JuniorsRiquelme

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.