Estadão
Estadão

Para Ronaldo Fenômeno, Messi é ainda o melhor do mundo

Brasileiro insiste que argentino ainda é superior ao português Cristiano Ronaldo

Jamil Chade, O Estado de S. Paulo

12 de janeiro de 2014 | 11h22

ZURIQUE - Ronaldo Fenômeno já escolheu: em 2013, o melhor jogador do mundo continua sendo o argentino Lionel Messi. Em Zurique onde participa da festa da Fifa para a entrega da Bola de Ouro, o brasileiro insiste que Messi continua sendo melhor que o português Cristiano Ronaldo, o grande favorito para levar o cobiçado troféu. Mas admite: a disputa neste ano será acirrado. 

Na próxima segunda-feira, Cristiano Ronaldo, Messi e o francês Frank Ribery disputam o prêmio, numa festa da Fifa que ainda será marcada por uma forte presença de brasileiros para promover a Copa do Mundo de 2014. "Eu votaria em Messi", disse Ronaldo, que já ganhou a título em três ocasiões e foi superado apenas pelo argentino na quantidade de trofeus da Fifa. "Ele é mais espetacular", argumentou o brasileiro, que não deixa de destacar que o jogador do Barcelona já voltou ao time nesta semana marcando gol e sendo decisivo.

Questionado se o ano do português não teria sido mais impressionante que o de Messi, Ronaldo explicou: "Cristiano Ronaldo vem jogando nesse mesmo nível há vários anos". Mas o ex-craque brasileiro admite que a disputa não será fácil. Ele lembrou que, se a disputa aparenta ser entre Messi e Cristiano Ronaldo, na Alemanha a pressão é muito intensa para que o francês do Bayern de Munique, Frank Ribery, saia com o prêmio. Afinal, o clube venceu tudo o que disputou.

"A percepção na Alemanha é de que o prêmio não teria credibilidade se Ribery não vencer", contou. "Eles dizem que se alguém que ganhou tudo não vence o trofeu, dúvidas sobre sua validade poderiam ser colocadas", disse. Ribery, por exemplo, foi eleito o melhor do Mundial de Clubes, disputado em dezembro. O problema é que o prazo de votação acabou antes do início do Mundial. Já o capitão do Penta, Cafu, aponta em Cristiano Ronaldo para levar a taça. "Ele vem jogando muito e é muito constante. É mesmo impressionante", disse.

MUSA

Enquanto os ex-craques diferem sobre quem deve ficar com o troféu, pelas ruas de Zurique quem chamava a atenção até dos indiferentes suíços era Fernanda Lima, que apresenta o evento. Neste domingo, ela percorria o frio e as pontes de Zurique em um vestido verde para uma sessão de fotos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.