Para Sasha, reformulação do elenco explica oscilação do Inter

Apenas quinto colocado do Campeonato Gaúcho, o Internacional ainda não decolou. Ainda que tenha conseguido a classificação à semifinal da Copa Sul-Minas-Rio, o time colorado vem tendo atuações oscilantes na sua primeira temporada sem D'Alessandro, que se transferiu ao River Plate.

Estadão Conteúdo

15 de março de 2016 | 21h00

Para o atacante Eduardo Sasha, um dos líderes do grupo de atletas, o elenco ainda está se acostumando ao novo momento. "Com essa reformulação do grupo que ocorre, com muita gente subindo, a oscilação que apresentamos é normal. Temos os últimos jogos para encostar lá na frente", opinou ele, nesta terça-feira, em entrevista coletiva.

Além do próprio Sasha, o time titular do técnico Argel tem tido outros seis jogadores vindos da base: Alisson, Artur, William, Andrigo, Rodrigo Dourado e Aylon. Diante da Lajeadense, no domingo, a lista deve seguir grande porque Anderson ainda é desfalque.

"Anderson tem um passe de muita qualidade. A gente tenta suprir essa falta nos jogos, mas acho que os jogadores que entraram conseguiram dar conta do recado. Acho que domingo ele não estará à disposição novamente. E quem entrar, tem futebol para sair jogando", disse Sasha, revelando o desfalque.

Tudo o que sabemos sobre:
Sasha

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.