Alex Silva / Estadão Conteúdo
Alex Silva / Estadão Conteúdo

Para se classificar no Paulistão, São Paulo pode rebaixar herói do Mundial de 1992

Pintado, volante do time de Telê Santana e ex-técnico do próprio São Paulo, dirige o São Caetano nesta quarta

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

20 de março de 2019 | 11h30

O técnico Pintado integrou o time do São Paulo que foi campeão do mundo de 1992 na histórica vitória sobre o Barcelona, por 2 a 1, em Tóquio. Ele assumiu o time do São Caetano desde que foi demitido do próprio São Paulo na metade de 2017. Nesta quarta-feira, ele tem a chance de eliminar o ex-time do Campeonato Paulista.

O São Caetano tem a segunda pior campanha geral do Campeonato Paulista, à frente apenas do São Bento. Por isso precisa desesperadamente de um triunfo em casa para tentar se livrar do rebaixamento para a Série A2. Em 11 partidas, a equipe venceu apenas uma. O São Paulo precisa vencer avançar ao mata-mata do Paulistão. Se empatar, precisa que o Oeste não vença o Mirassol por quatro gols de diferença. 

Pintado joga a pressão para o lado do ex-clube. “Eu já estive do outro lado, sei que a responsabilidade é do São Paulo, o time deles não pode sonhar em ficar fora, pode causar sérios danos ao São Paulo, mas estou pensando no São Caetano. Do São Paulo tenho ótimas lembranças, mas, se depender de mim, vão ter muitas dificuldades no jogo”, disse o técnico do São Caetano.

O São Caetano busca apoio no bom retrospecto diante do São Paulo em casa. Ao todo foram 14 encontros entre as duas equipes no Anacleto Campanella, onde o time da casa saiu vitorioso em seis oportunidades, empatou duas vezes e foi derrotado outras seis.

O último confronto entre as duas equipes aconteceu no Campeonato Paulista de 2018do ano passado, nas quartas de final, em que o time do ABC venceu o primeiro jogo por 1 a 0, mas acabou superado na partida de volta, no Morumbi.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.