Para técnico do Equador, equipe tem de ser mais agressiva

O técnico do Equador, o colombiano Luis Fernando Suárez, disse nesta quarta-feira que sua equipe terá de ser mais agressiva se quiser superar a Inglaterra, no próximo domingo, pelas oitavas-de-final. "Nós conhecemos a Inglaterra. Eles têm uma ótima participação em Copas e acredito que esta equipe seja uma das melhores da história do país. Por isso, vamos ter de mudar muitas coisas. Temos de ser mais agressivos quando tivermos a posse de bola".Enquanto a Inglaterra garantiu o primeiro lugar do grupo B com o empate por 2 a 2 contra a Suécia, o Equador selou sua participação na primeira fase do grupo A com uma derrota por 3 a 0 para a Alemanha. "Não fizemos troca rápida de passes, como costumamos fazer, e sem a bola não fomos agressivos. Temos de corrigir os erros que apresentamos contra a Alemanha se quisermos ter sucesso contra os ingleses".Mas Suárez não é o único com preocupações para o confronto marcado para Stuttgart. A Inglaterra dificilmente poderá contar com Michael Owen, que torceu o joelho na partida diante dos suecos. Além disso, os ingleses depositam muitas esperanças em Wayne Rooney, que vem de recuperação de uma fratura no pé direito, e torcem para que o pouco experiente - mas atualmente indispensável - Peter Crouch não sofra lesões e nem seja punido com cartões.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.