Para tentar pôr fim à má fase, Jorginho descarta folga e comanda treino do Vasco

Nas últimas seis partidas, clube venceu apenas duas vezes

Estadão Conteúdo

29 Outubro 2016 | 16h22

O técnico Jorginho colocou o elenco do Vasco para treinar neste sábado, mesmo com a próxima partida marcada apenas para daqui uma semana, contra o Brasil, de Pelotas (RS), fora de casa, pela 34.ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.

O treinador está preocupado com a oscilação do time, que venceu apenas duas vezes nos últimos seis jogos. O mau momento na competição deixa a equipe carioca na segunda colocação na tabela de classificação com 58 pontos, a três do líder Atlético Goianiense.

Os jogadores fizeram inicialmente um trabalho na academia e depois foram para o campo. O treinamento com bola contou com jogadas de ultrapassagem, com toque de bola, cruzamentos e finalizações.

"Viemos de uma sequência de jogos, sem ter tempo de fazer esses trabalhos específicos. Ainda falta um pouco para o jogo do dia 5, mas a expectativa é fazer uma boa semana de trabalho, corrigir os erros que cometemos no último jogo e que possamos melhorar pois precisamos vencer fora de casa", comentou o lateral-direito Madson.

O Vasco vem de um empate sem gols com o Avaí em casa na última quarta-feira. A cinco rodadas do encerramento, o Vasco pode chegar à liderança da Série B caso vença o Brasil-RS e o Atlético perca o clássico estadual contra o Goiás.

"Uma vitória pode dar a liderança. Respeitando a equipe do Brasil de Pelotas que é uma boa equipe, mas temos totais condições de vencer. Esperamos fazer uma bom jogo para voltar ao topo que é nosso lugar", concluiu Madson.

Mais conteúdo sobre:
Jorginho Vasco

Encontrou algum erro? Entre em contato

publicidade

publicidade

publicidade

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.