Paulo Fernandes/Vasco.com.br
Paulo Fernandes/Vasco.com.br

Para Wagner, Vasco vai reagir logo: 'Vamos ter que achar forças não sei de onde'

Meia pede que time lute para sair das proximidades da zona do rebaixamento do Brasileirão

Estadão Conteúdo

07 Setembro 2018 | 09h04

A situação do Vasco no Campeonato Brasileiro está se complicando bastante com o mau desempenho do time nas últimas rodadas. Nesta quinta-feira, o time sofreu a terceira derrota seguida ao perder para o América-MG por 2 a 1, em Belo Horizonte, e está muito perto da zona de rebaixamento - na 16.ª colocação, tem 24 pontos na tabela de classificação, apenas um à frente do Sport, que abre a degola.

Sem vencer fora de casa no Brasileirão e com derrotas nos três jogos sob o comando do técnico Alberto Valentim, o Vasco está procurando de onde tirar forças para se recuperar e salvar o final da temporada. O meia Wagner avaliou a fase do time cruzmaltino e afirmou não saber de onde tirar forças para mudar o cenário.

"Difícil falar nessa hora. Estamos tentando, batalhando, correndo. Vamos ter que achar forças não sei de onde para reverter. Vamos botar a cabeça no lugar porque temos o Vitória pela frente. Conseguimos ter mais volume de jogo, chegamos bem mais ao ataque. Temos que melhorar nossa marcação, tanto na frente quanto no meio. Quando ficarmos mais consistentes vamos parar de tomar gols", afirmou o meia.

Os jogadores do Vasco viajam nesta sexta-feira de Belo Horizonte para Salvador. Em solo baiano, o elenco realizará treinamentos nesta sexta e no sábado. No domingo, enfrenta o Vitória pela 25.ª rodada do Brasileirão. O retorno ao Rio de Janeiro acontecerá somente na segunda.

 

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.